Colecionando resultados ruins, Galo perde para o Ceará no Castelão

Por: Alecsander Heinrick


Resumo: Ceará 2 x 1 Atlético

Na segunda (29), o Atlético foi ao nordeste enfrentar o Ceará pela 31° rodada do Campeonato Brasileiro. O Vozão venceu a partida por 2 a 1, com gols de Juninho Quixadá e Leandro Carvalho, Cazares descontou para o Atlético.

Levir Culpi contou com a volta do capitão Léo Silva ao time, mas não contou com o lateral esquerdo Fábio Santos (suspenso pelo 3° amarelo) e Hulk foi seu substituto. Fora as mudanças citadas, a equipe iniciou o jogo com os mesmos que entraram em campo contra o Fluminense.

Léo Silva voltou ao time depois de cumprir suspensão – Foto: Bruno Cantini / Atlético

O Jogo

A partida começou com os dois times se estudando, uma tentativa de ataque ou outra para cada lado até os 09’ de jogo. Após cruzamento da esquerda, Maidana divide com Arthur e a bola ainda sobrou na área, o zagueiro corre para espanar a bola e dá um bico nela, a bola explode em Juninho Quixadá e vai para dentro do gol de Victor. Empurrado pela torcida, o Ceará continuou em cima e quase ampliou o placar. Aos 13’, após falta cobrada na área, Tiago Alves subiu sozinho e cabeceou para fora com perigo;  aos 17’, Juninho Quixadá recuperou a bola e cortou para o meio, bateu rasteiro e Victor fez a defesa em dois tempos.

Aos 19’, o Galo chegou pela primeira vez com perigo. Elias lança Luan (em posição de impedimento), o meia faz boa jogada, corta para o meio e cruza de canhota, Chará divide com dois defensores pelo alto e ganha a bola, quase na marca do pênalti o colombiano pega firme de canhota, a bola vai no meio do gol e Everson faz ótima defesa. Aos 25’, Cazares faz linda jogada, tabela com Luan e depois com Ricardo Oliveira, sai cara a cara com Everson e bate para o fundo do gol, 1 a 1.

A partida ficou bem disputada, Quixadá era o mais perigoso do time cearense. Aos 36’, após grande vacilo de Léo Silva, Leandro Carvalho roubou a bola e ficou cara a cara com Victor, o atacante bateu mas Victor salvou o Galo e mandou para escanteio; no escanteio cobrado, Arthur subiu mais que todo mundo e cabeceou com perigo no canto, Victor novamente salvou o Galo. Até o final do 1°T, o Ceará continuou com mais posse, mas ambas as equipes não levaram mais grande perigo aos gols adversários.

Cazares marcou o único gol do Atlético no jogo – Foto: Bruno Cantini / Atlético

Os times voltaram com alterações para o 2ºT. O Atlético teve as entradas de David Terans e Patric nos lugares de Luan e Hulk (amarelados); no Ceará, Pedro Ken entrou na vaga de João Lucas.

Aos 03’, Terans cruzou na área e Maidana subiu de cabeça, a bola ia sobrando para Léo Silva mas o capitão estava impedido. Aos 09’, a bola foi cruzada na área do Atlético e Emerson cortou parcialmente, na sobra, Felipe Jonatan acertou belo chute mas a bola foi pela linha de fundo. Aos 15’, após primeira tentativa falha, o Ceará chega ao segundo gol. Luiz Otávio recebeu de Pedro Ken dentro da área mas foi travado por Léo Silva, mesmo no chão, o zagueiro cearense consegue o passe para Leandro Carvalho que da ponta da área, finaliza cruzado com precisão para colocar o Ceará na frente de novo. O Atlético tentou responder duas vezes seguidas com Chará. Na primeira, aos 19’, ele fez boa jogada na ponta e cruzou na área, mas Ricardo Oliveira não conseguiu alcançar a bola; na segunda, aos 26’, o colombiano fez ótima jogada e tabelou com Patric, de fora da área encheu o pé e deu um chutaço que passou perto do ângulo do goleiro Everson.

Os gringos do Atlético foram quem tiveram mais chances até o final da partida. Aos 33’, Terans teve falta perigosa para bater mas mandou a bola na barreira; aos 35’, Cazares recebeu cruzamento de Emerson a meia altura e bateu para o gol, mas não pegou bem na bola. Aos 46’, o último lance da partida, de novo com Cazares, dessa vez o equatoriano tentou repetir o que fez contra o Grêmio na final da Copa do Brasil de 2016, arriscou do meio campo mas dessa vez não pegou bem na bola.

O Atlético volta a campo no sábado (03), contra o Grêmio na arena Independência. Levir não poderá contar com Luan e Patric (suspensos pelo 3° amarelo), mas contará com a volta de Fábio Santos. O clube continua com 46 pontos e vê o Santos (46) literalmente na cola, além de Atlético-PR e Cruzeiro com 43 pontos bem próximos.

Levir fez seu segundo jogo no comando do Atlético e teve o segundo reverse – Foto: Bruno Cantini / Atlético


Ficha Técnica

Ceará 2×1 Atlético

Local: Castelão, Fortaleza (CE)

Data: Segunda, 29 de outubro de 2018

Horário: 20h00 (horário de Brasília)

Motivo: 31ª rodada do Campeonato Brasileiro

Público: 37.394 pagantes

Árbitro: Wagner Reway (MT)

Assistentes: Alessandro Rocha de Matos/BA e Eduardo Goncalves da Cruz/MS

Cartão Amarelo: Atlético: Patric, Carlos Gabriel, Maidana e Luan; Ceará: Edinho e Richardson

Escalação do Ceará: Everson, Samuel Xavier, Luiz Otávio, Tiago Alves, João Lucas (Pedro Ken); Richardson, Edinho; Leandro Carvalho, Juninho Quixadá (Valdo) e Felipe Jonatan; Arthur (Felipe Azevedo). Técnico: Lisca

Escalação do Atlético: Victor; Emerson, Léo Silva, Maidana e Carlos Gabriel (Patric); Adilson, Elias (Edinho) , Cazares , Luan (David Terans) e Chará ; e Ricardo Oliveira; Técnico: Levir Culpi


Estatísticas da Partida


As estatísticas da partida em outra perspectiva


Siga o Galo Estatísticas nas redes sociais:

–> Twitter

–> Instagram

Compartilhe e opine!

–> Twitter: @aIecss

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *