Atlético tem desempenho ruim, sofre gol no final e é derrotado pela Chape

Por: Alecsander Heinrick


Resumo: Chapecoense 1 x 0 Galo

No sábado (06), o Atlético foi a Chapecó enfrentar a equipe da Chapecoense, em jogo válido pela 28° rodada do Campeonato Brasileiro. O time da casa saiu vitorioso com gol aos 47’ do 2°T, marcado pelo argentino Martín Doffo.

Mais uma vez Larghi foi obrigado a entrar com uma formação diferente. Maidana (suspenso), Cazares e Ricardo Oliveira (lesionados) foram substituídos por Gabriel, Galdezani e Denilson respectivamente. Para a próxima partida todos devem estar disponíveis.

Foto: Pedro Souza / Atlético

O Jogo

Apesar de jogar fora de casa, o Galo foi quem mais mandou no jogo e levou perigo ao gol adversário. Aos 5’, Chará fez linda jogada pela esquerda e deixou o zagueiro adversário no chão, mas na hora de cruzar, cruzou em cima da marcação. Aos 9’, Galdezani levou a bola até a entrada da área, mas foi desarmado, a bola sobrou para Elias na meia-lua, o meia bateu forte porém acabou mandando a bola por cima do gol. Aos 14’, Luan cobrou escanteio e a bola sobrou para Gabriel na pequena área, o zagueiro se esticou para tocar na bola e Jandrei salvou o time da casa.

O jogo ficou mais morno a partir dos 20’, as duas equipes não conseguiam chegar com perigo ao gol adversário e o nível da partida caiu bastante. Aos 40’, o primeiro lance de perigo da Chapecoense, Doffo arrancou com a bola em contra-ataque e levou para o meio, livre na entrada da área ele encheu o pé, mas a bola foi por cima do gol de Victor.

Denilson recebeu a chance de ser titular pela primeira vez com a camisa do Galo, chance essa não muito bem aproveitada. (Foto: Pedro Souza / Atlético)

A Chape voltou para o 2T já com duas substituições, tentando melhorar sua performance na partida. Logo com 01’ do 2T, Bruno Silva (um dos jogadores que entrou no intervalo) recebeu cruzamento de Bruno Pacheco e cabeceou com muito perigo por cima do gol. Aos 15’, Chará encontrou Luan na área, o jogador alvinegro recebeu e bateu cruzado para a área, mas o zagueiro da Chape evitou o gol com um carrinho que mandou a bola para escanteio.

Com o jogo fraco (igual terminou o 1T), Larghi decidiu mexer no time, tirou Luan e Chará para colocar Tomás Andrade e Leandrinho. Aos 29’, Tomás cobrou escanteio e Emerson desviou no primeiro poste, a bola encontrou Gabriel, livre na pequena área novamente, o zagueiro pegou mal na bola e mandou para fora.

A Chapecoense passou a gostar mais do jogo e aproveitava os buracos na defesa atleticana. Aos 31’, Eduardo cruzou rasteiro e a bola passou por todos na área até chegar em Doffo quase dentro da pequena área, o argentino pegou muito mal na bola e ela foi por cima do gol; aos 34’, Bruno Silva novamente cabeceou com perigo e novamente a bola foi por cima do gol.

O Galo ainda chegou mais duas vezes com perigo, aos 39’, Elias recebeu de Leandrinho e bateu firme, mas a bola foi pela linha de fundo; aos 41’, Leandrinho recebeu na entrada da área e encheu o pé fazendo com que Jandrei fizesse boa defesa.

Aos 47’, o gol da Chapecoense. Rolim tocou na lateral da área para Bruno Silva, o atacante rolou para trás e Doffo chegou batendo, Léo Silva se jogou na bola e ela desviou levemente nele e acabou encobrindo o goleiro Victor.

Emerson fez boa partida e vai cada vez mais se consolidando na lateral direita atleticana. (Foto: Pedro Souza / Atlético)

O Galo (45) mantém a 6° colocação e vê o Santos (39) se aproximando. O time volta a campo no domingo (14), contra o América-MG, às 19h, no estádio Independência.


Ficha Técnica

Chapecoense 1 x 0 Atlético

Local: Arena Condá, Chapecó(SC)

Data: Sábado, 06 de Outubro de 2018

Horário: 16h00 (horário de Brasília)

Motivo: 28ª rodada do Campeonato Brasileiro

Público: 10.074 pagantes

Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)

Assistentes: Daniel Paulo Ziolli (SP) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP)

Cartão Amarelo: Chapecoense: Doffo, Eduardo e Bruno Pacheco; Atlético: Elias, Terans e Denilson

Gols: Chapecoense: Doffo (47’ 2°T)

Escalação da Chapecoense: Jandrei, Eduardo, Rafael Thyere, Douglas e Bruno Pacheco, Elicarlos (Amaral), Barreto, Doffo e Diego Torres (Yamm Rolim), Vinicíus (Bruno Silva) e Leandro Pereira; Técnico: Guto Ferreira.

Escalação do Atlético: Victor; Emerson, Léo Silva, Gabriel e Fábio Santos; José Welison, Elias Galdezani (Terans) e Luan (Leandrinho); Chará (Tomás Andrade) e Denilson; Técnico: Thiago Larghi.


Estatísticas da Partida


As estatísticas da partida em outra perspectiva


Siga o Galo Estatísticas nas redes sociais:

–> Twitter

–> Instagram

Compartilhe e opine!

–> Twitter: @aIecss 

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *